A prática de dhāraṇā (atenção)

Dhāraṇā ou dhāraṇa é um conceito/prática comumente associada ao yoga que pode ser entendido como “concentração”, “atenção”, “contemplação”, “meditação”, “visualização”. Trata-se de um termo comum a várias vertentes do pensamento místico indiano e suas técnicas são abrangentes e variadas, conforme a experiência e intenção do adepto. Sua associação ao yoga se deve ao fato de o […]

O relato da revelação dos Sutras de Śiva

Sobre a origem do Śiva-sūtra, consta o seguinte relato na introdução da Spanda-kārikā: Eis que aqui, neste mundo, o excelso preceptor Vasugupta, a quem a grandiosidade [divina] foi revelada por meio da união com o super-supremo Śiva, que visa a instrução de todos, recebeu uma orientação da vontade do Venerável, durante um sonho, vinda da […]

As perturbações da consciência (kleśa)

No segundo e no terceiro sūtra-s do Livro da Prática, vemos uma exposição do conceito de kleśa, comumente traduzido por “perturbação” ou “aflição”. Estudamos esse dois sūtra-s, juntamente com o comentário de Vyāsa, para propor uma prática meditativa com o objetivo de auxiliar na percepção da atuação dos kleśa-s sobre a consciência. Quando se percebe […]

Kriyā-yoga – as três atitudes que fundamentam o yoga

A partir do primeiro sūtra do segundo capítulo do Yogasūtra de Patañjali (II a.C.) e do comentário conhecido como Yogabhāṣya, atribuído a Vyāsa (V d.C.), observamos os três componentes daquilo que Patañjali denomina como “kriyāyoga” (yoga da ação ou yoga expresso nas atitudes). Dessa forma, estudamos os sentidos de tapas, svādhyāya e īśvarapraṇidhāna para a […]

A integração do denso, sutil e transcendente

O atual ciclo de estudos percorre algumas das práticas meditativas sugeridas pela tradição tântrica do Shivaísmo da Caxemira. Realizamos duas práticas baseadas no reconhecimento de que estamos situados simultaneamente nos níveis denso, sutil e transcendente. O sūtra 4 do Shiva-sūtra, com o comentário de Kṣemarāja, foi a base de nosso estudo e prática meditativa. O […]