As perturbações da consciência (kleśa)

No segundo e no terceiro sūtra-s do Livro da Prática, vemos uma exposição do conceito de kleśa, comumente traduzido por “perturbação” ou “aflição”. Estudamos esse dois sūtra-s, juntamente com o comentário de Vyāsa, para propor uma prática meditativa com o objetivo de auxiliar na percepção da atuação dos kleśa-s sobre a consciência. Quando se percebe a atuação dessas “perturbações”, é possível experimentar um estado de presença ampliado, situado em uma esfera de consciência que está além da vivência mental cotidiana. A prática tende a resultar em uma diferenciação entre a consciência em seu estado amplo e a expressão da consciência limitada pelas perturbações descritas por Patañjali (avidyā, asmitā, rāga, dveṣa e abhiniveśa).

Abaixo seguem o texto sânscrito e a tradução estudados durante o encontro.

…………………………………………..

Sādhanapādam

sa hi kriyāyogaḥ |

samādhibhāvanārthaḥ kleśatanūkaraṇārthaś ca ||2||

sa hy āsevyamānaḥ samādhiṁ bhāvayati kleśāṁś ca pratanūkaroti | pratanūkṛtān kleśān prasaṁkhyānāgninā dagdhabījakalpān aprasavadharmiṇaḥ kariṣyatīti, teṣāṁ tanūkaraṇāt punaḥ kleśair aparāmṛṣṭā sattvapuruṣānyatāmātrakhyatiḥ sūkṣmā prajñā samāptādhikārā pratiprasavāya kalpiṣyata iti ||

atha ke kleśāḥ kiyanto veti |

avidyā’smitārāgadveṣābhiniveśāḥ pañca kleśāḥ ||3||

kleśā iti pañca viparyayā ity arthaḥ | te syandamānā guṇādhikāraṁ draḍhayanti, pariṇāmam avasthāpayanti, kāryakāraṇasrota unnamayanti, parasparānugrahatantrī bhūtvā karmavipākaṁ cābhinirharantīti ||

…………………………………

Livro da Prática

Esse é de fato o yoga da ação.

Objetivando realizar a integração e enfraquecer as perturbações. (2)

Quem realmente executa (o yoga da ação) faz a integração realizar-se e enfraquece as perturbações. Ele fará com que as perturbações sejam enfraquecidas, como sementes queimadas pelo fogo da meditação, e incapazes de germinar. Com o enfraquecimento delas, intocada pelas perturbações e com a percepção plena da diferença entre o ser supremo e o estado de lucidez, a consciência torna-se sutil, tem seu poder recuperado e prepara-se para o estado de cessação.

Dessa forma, o que são perturbações e quantas são?

Insciência, individualidade, desejo, aversão e subsistência
são as cinco perturbações. (3)

Isso significa que as perturbações são cinco equívocos. Quando ocorrem, elas fixam o poder dos atributos (da matéria), sustentam os desdobramentos (dos fenômenos), aumentam o fluxo das causas e efeitos e, tornando-se uma rede de apoio mútuo, entregam-se aos produtos das ações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website