Em 2012, concluiu o doutorajoao-goncalves-por-marcela-coranodo em Linguística pela Universidade de São Paulo. Sua tese tem como tema os Purāṇas, gênero de literatura sânscrita antiga, no qual estão fundamentadas e espelhadas muitas das instituições culturais do hinduísmo (clique para consultar a tese).
Em seu mestrado, fez uma tradução poética do Gītagovinda, de Jayadeva, um poema erótico-devocional do século XII d.C.
Atualmente sua pesquisa está voltada para o Śivaísmo da Caxemira, um sistema monista do pensamento místico indiano, de base tântrica, cuja literatura floresceu a partir do século VIII d.C. e vem sendo praticado e transmitido até os dias atuais. Com esse objetivo, tem viajado periodicamente para a Índia, participando de seminários e outras atividades na cidade de Vārāṇasī, bem como se dedicado ao estudo e à tradução de textos originais sânscritos e dos estudos feitos por pesquisadores contemporâneos.
Atua como professor de sânscrito, de textos antigos do yoga e de práticas meditativas no Instituto Paulista de Sânscrito, instituição da qual é um dos fundadores, e na Universidade de São Paulo.
Currículo LattesAcademia.edu